quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Eliézer de Mello Silveira denunciou Luiz Mott ao Ministério Público Federal da Bahia: APOLOGIA DE CRIME DE PEDOFILIA. Luiz Motta, professor universitário, líder do movimento gay, petista, esquerdista, marxista e socialista da Universidade Federal da Bahia, agraciado por LULA por medalha, se orgulha de ter tido relações sexuais com mais de 500 homens, deve ir URGENTE PARA CADEIA POR FAZER APOLOGIA A PEDOFILIA. Um abismo chama outro abismo!

Eliézer de Mello Silveira denunciou Luiz Mott ao Ministério Público Federal da Bahia: APOLOGIA DE CRIME DE PEDOFILIA. Luiz Motta, professor universitário, líder do movimento gay, petista, esquerdista, marxista e socialista da Universidade Federal da Bahia, agraciado por LULA por medalha, se orgulha de ter tido relações sexuais com mais de 500 homens, deve ir URGENTE PARA CADEIA POR FAZER APOLOGIA A PEDOFILIA. Um abismo chama outro abismo!

http://luis-cavalcante.blogspot.com/2011/12/eliezer-de-mello-silveira-denunciou.html

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Perpetuando o parasitismo político e espiritual

Perpetuando o parasitismo político e espiritual
Julio Severo

O jornal O Estado de S. Paulo noticiou, num artigo de 30 de agosto, que o governo americano está interessado no Bolsa Família, um programa populista do governo brasileiro que provê dinheiro para milhões de brasileiros. Russlynn Ali, secretária-adjunta para Direitos Civis do Ministério da Educação dos EUA, disse que seu país está também interessado no Estatuto da Igualdade Racial no Brasil.

O que os EUA, ou mais especificamente Obama e seu partido, poderiam ganhar com o Bolsa Família? O Bolsa Família é uma estratégia política do Partido dos Trabalhadores, de Lula e Dilma Rousseff, que não oferece nenhuma solução real para o problema da pobreza, mas incentiva os pobres a verem um governo de Lula, Rousseff e outros de seus camaradas como um grande pai generoso. O Bolsa Família garante a perpetuação de seu parasitismo socialista no Estado brasileiro.

Agora, por que os EUA quereriam importar o Estatuto da Igualdade Racial? Não é uma política com raízes no Brasil. Aliás, tais políticas raciais (ou gays, ou feministas) foram em grande parte importadas dos EUA. Mas diferentemente dos EUA, onde enfrentaram oposição, as leis raciais no Brasil tiveram um desenvolvimento sem muita oposição e resultaram numa estonteante perseguição aos cristãos que ousam questionar, mesmo em comunicações privadas, as supostas virtudes da bruxaria, candomblé e umbanda, tudo sob a capa da cultura negra.

Levar de volta aos EUA esta diabólica política neomarxista para sacralizar toda forma de satanismo e oprimir os cristãos seria levar de volta um monstro que cresceu no Brasil, mas nasceu nos EUA. WND noticiou algumas das consequências dessa política americana que se desenvolveu no Brasil:

“No Rio, um pastor pentecostal levou um criminoso a Jesus e o convenceu a se entregar à polícia. O Pr. Isaías da Silva Andrade acompanhou o ex-criminoso à polícia e quando lhe perguntaram como a vida dele havia sido transformada, o pastor respondeu que o ex-criminoso vivia sob a influência de demônios das religiões afro-brasileiras que o inspiravam a se envolver com conduta criminosa, mas agora ele encontrara salvação em Jesus. Por causa desse relato inocente, o Pr. Isaías está agora sofrendo ações criminais por discriminação contra a ‘cultura’ afro-brasileira! Se condenado, ele cumprirá sentença de dois a cinco anos de prisão”.

O próprio Pr. Isaías é negro, mas, fiel à sua motivação neo-marxista, as tão chamadas leis de “igualdade racial” favorecem destrutivas sub-“culturas” partidárias, nãos as pessoas. Essa é a forma engenhosamente invertida de nazismo da nova esquerda.

A visita de Russlynn Ali também foi para assegurar um intercâmbio entre os negros americanos e brasileiros. A primeira grande iniciativa de intercâmbio foi iniciada por Condoleezza Rice, secretária de Estado dos EUA. Em 2008, sob a capa de “cultura”, ela visitou terreiros de bruxaria negra no Brasil, dizendo que os negros brasileiros haviam preservado o que os negros americanos haviam há muito tempo perdido. Um intercâmbio, ela disse, poderia ajudar os negros americanos a recuperar suas raízes.

Rice é filha de um pastor presbiteriano que quer que os negros voltem às suas raízes negras originais. E Isaías da Silva Andrade é um pastor negro brasileiro que quer que os negros renunciem às suas raízes negras originais para viverem para Cristo.

O intercâmbio infernal promovido — ao que parece — pelas elites dos dois grandes partidos políticos dos EUA coloca em perigo os cristãos, inclusive cristãos negros como o Pr. Isaías.

Versão em inglês deste artigo: Perpetuating political and spiritual parasitism


 
 
Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com/

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REFORMADA

Reformar a Sociedade Brasileira através da Reforma da Educação
e Cultura a partir da Cosmovisão Cristã, Reformada e Calvinista.

http://educacaoeculturareformada.blogspot.com/

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Dois homens “namorados” e um assassinato: só a vítima era homossexual?

Dois homens “namorados” e um assassinato: só a vítima era homossexual?



O homossexual que matou homossexual irá entrar na estatística de que o Brasil é o país que mais mata homossexual. Esta é a filosofia gay para inflacionar suas estatísticas e conseguir dinheiro público para promover o Kit Gay na mente de nossas crianças e a homossexualização da sociedade e ridicularização dos cristãos que defendem o homem e a mulher natural.



Clique no link para acessar a matéria que esconde o mundo homossexual:

http://intoleranciahomossexual.blogspot.com/2011/08/dois-homens-namorados-e-um-assassinato.html

Dois assassinatos horrendos, um assassino e nenhum homossexual

Dois assassinatos horrendos, um assassino e nenhum homossexual

Clique no link abaixo para acessar a matéria que esconde o mundo homossexual:
http://direito-penal.blogspot.com/2011/08/dois-assassinatos-horrendos-um.html

domingo, 28 de agosto de 2011

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

APRENDA JÁ - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO!

APRENDA JÁ - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO!

Clique AQUI para acessar as informações.
http://aprendaja-planejamentoestrategico.blogspot.com/2011/08/aprenda-ja-planejamento-estrategico.html

Modelo de Arrogância Gay: "Sem patrocínio, Grupo Gay da Bahia ameaça boicotar empresas". Sem poder e sem a PL 122/06 já quer dominar, imaginam ocupando cargos nos governos? Agora a Marcha da Maconha exigirá o apoio das empresas, depois a Marcha da Pedofilia, depois a Marcha das Vadias, depois a Marcha para Jesus, depois a Marcha ????. Agora, Marcha para combater a Corrupção no Governo Petista e Carga Tributária que sufocam as Empresas que geram empregos Nem Pensar!

Modelo de Arrogância Gay: "Sem patrocínio, Grupo Gay da Bahia ameaça boicotar empresas". Sem poder e sem a PL 122/06 já quer dominar, imaginam ocupando cargos nos governos? Agora a Marcha da Maconha exigirá o apoio das empresas, depois a Marcha da Pedofilia, depois a Marcha das Vadias, depois a Marcha para Jesus, depois a Marcha ????. Agora, Marcha para combater a Corrupção no Governo Petista e Carga Tributária que sufocam as Empresas que geram empregos Nem Pensar!

Clique no link abaixo para acessar a matéria:
http://intoleranciahomossexual.blogspot.com/2011/08/modelo-de-arrogancia-gay-sem-patrocinio.html

Por quê aumenta o envolvimento de psicólogos, pedagogos, professores universitários, médicos, advogados, juristas, promotores, membros das entidades de "direitos humanos", esquerdistas e socialistas na defesa intelectual, teórica e "científica" da PEDOFILIA?

Por quê aumenta o envolvimento de psicólogos, pedagogos, professores universitários, médicos, advogados, juristas, promotores, membros das entidades de "direitos humanos", esquerdistas e socialistas na defesa intelectual, teórica e "científica" da PEDOFILIA?

Clique no link abaixo para acessar a matéria:
http://pedofilianauniversidade.blogspot.com/2011/08/por-que-aumenta-o-envolvimento-de.html

Anarquia sexual: o legado homossexual e pedófilo do psicólogo e esquerdista Alfred Kinsey

Anarquia sexual: o legado homossexual e pedófilo do psicólogo e esquerdista Alfred Kinsey

Clique no link abaixo para acessar a matéria:
http://alfredkinsey-brasil.blogspot.com/2011/08/anarquia-sexual-o-legado-homossexual-e.html

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Senador lamenta decisão da Justiça pela retirada de outdoor contra homossexualidade

Senador lamenta decisão da Justiça pela retirada de outdoor contra homossexualidade

Clique no link abaixo para acessar a matéria:
http://intoleranciahomossexual.blogspot.com/2011/08/senador-lamenta-decisao-da-justica-pela.html

Pais irresponsáveis, cultura da prostituição, materialismo, consumismo, liberação da maconha pode, orações de agradecimentos a Deus e ao próximo não pode! Parabéns diretora Rosimara Albuquerque pela sua atitude e coragem. Nota Zero para a radialista Eliane Carvalho e Mafá Nogueira.

Orações levam pais a travar “guerra santa” em escola de Brasília

Grupo de pais pede exclusão de referências religiosas das atividades escolares. Do outro lado, há pais que acreditam que direção da escola sofre perseguição

Agência Brasil | 20/08/2011 13:34

enviar por e-mail
Orações levam pais a travar “guerra santa” em escola de BrasíliaGrupo de pais pede exclusão de referências religiosas das atividades escolares. Do outro lado, há pais que acreditam que direção da escola sofre perseguição
* campos são obrigatórios
corrigir
Orações levam pais a travar “guerra santa” em escola de BrasíliaGrupo de pais pede exclusão de referências religiosas das atividades escolares. Do outro lado, há pais que acreditam que direção da escola sofre perseguição
* campos obrigatórios
Uma “guerra santa” foi travada entre os pais das 180 crianças de 4 e 5 anos que estudam no Jardim de Infância da 404 Norte, na região central de Brasília. Uma oração feita pelos alunos diariamente, antes do início das aulas, é o principal motivo da discórdia. De um lado está um grupo de pais que pede a exclusão de referências religiosas das atividades escolares. Do outro, os que apoiam o ritual diário e consideram que a direção da escola está sendo perseguida.

A discussão teve início quando uma denúncia sobre o assunto foi encaminhada à Ouvidoria da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Todos os dias antes das aulas os alunos se reúnem no pátio da escola para o momento chamado de acolhida. Nessa hora, são estimulados a fazer uma “oração espontânea”, como define a diretora Rosimara Albuquerque. A cada dia, crianças de uma turma ficam responsáveis por fazer os agradecimentos a Deus ou ao “Papai do Céu”. “Pode agradecer pelo parquinho, pelos colegas. Mas houve um questionamento por parte dos pais para que fosse um momento de acolhida um pouco mais amplo já que algumas famílias não comungam dessa religião, que seria basicamente cristã”, conta Rosimara, que está à frente da escola há seis anos.
Para a radialista Eliane Carvalho, integrante da Associação de Pais e Mestres do colégio, a escola está ultrapassando os limites permitidos pela legislação. Ela e outros pais que protestam contra essas atividades se apoiam no princípio constitucional da laicidade para pedir que práticas de cunho religioso fiquem de fora do ambiente escolar. Além do momento da acolhida, ela conta que notou outros sinais de violação, a partir de informações que o filho de 4 anos levava para casa.

“Não posso dizer que existem dentro da sala de aula práticas religiosas. Mas meu filho não aprendeu em casa a orar em nome de Jesus. Um dia ele me disse que o telefone para falar com Jesus era dobrar o joelho no chão”, relata Eliane.

Em resposta à denúncia, um grupo maior de pais organizou um abaixo-assinado a favor da escola e da oração no início das aulas. Alguns alegam que a diretora está sendo perseguida por ser católica e atuante em grupos religiosos. “A forma como eles [professores e direção] estão atuando não é nada abusiva ou direcionada a uma crença específica. Eles colocam a palavra de Deus, como entidade superior, e agradecem à família. São só coisas boas, frutos bons. Quem está incomodado é uma minoria”, defende Thiago Meirelles, que é católico e pai de um aluno.

Para Carolina Castro, mãe de outro estudante, a intenção da escola é positiva e busca a socialização. “Não acho que eles estejam tratando de religião em si, mas passando uma noção de agradecimento do que é precioso na vida. Não acho que isso seja ensino religioso”, diz.

Eliane Carvalho lamenta que a discussão tenha ficado polarizada. “Não é uma discussão pessoal, mas de currículo. O grupo que fez o abaixo-assinado passou a nos ver como perseguidores de cristãos, hoje somos vistos como pessoas absurdas que não querem a palavra de Deus na escola. Todos têm o direito de fazer suas orações, mas eu questiono o fato de a escola aceitar uma prática que, para mim, se configura em arrebanhar fiéis”, diz.

O momento da acolhida é feito há 40 anos, desde que a escola foi fundada, e é comum também em outros colégios da rede. Na última semana a reza foi substituída por cantigas de roda e outras atividades. “Aí, sim, parecia uma escola, antes parecia uma igreja. Como pai que tem a obrigação de dar uma orientação religiosa à filha, não posso permitir que haja divergência. O mais triste é que, apesar de essas pessoas dizerem que estão pregando o amor e o respeito, elas não têm respeito nenhum pela minha liberdade de que não haja essa interferência [religiosa]”, diz Mafá Nogueira, pai de uma aluna.

Para resolver o problema, a escola vai convocar reuniões com pais, professores, funcionários e representantes da Secretaria de Educação. “Vamos discutir como a gente pode abordar a pluralidade e a diversidade sem agredir ninguém e que todos possam sair satisfeitos. Mas essa polêmica é salutar porque, na medida em que a gente ouve questionamentos de pais que pensam diferente, isso é saudável para o crescimento. Podemos adotar uma postura diferente, estruturada no que a comunidade pensa”, avalia a diretora Rosimara, que usava no pescoço um cordão com um crucifixo enquanto conversava com a reportagem da Agência Brasil.

A Secretaria de Educação do Distrito Federal informou que desconhece problemas semelhantes em outras escolas da rede e reiterou que orienta as unidades a seguir a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que veda qualquer prática proselitista no ambiente escolar.

Fonte: IG


INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REFORMADA

Reformar a Sociedade Brasileira através da Reforma da Educação e Cultura a partir da Cosmovisão Cristã, Reformada e Calvinista.

http://educacaoeculturareformada.blogspot.com/

domingo, 21 de agosto de 2011

Porque o Cristianismo não é socialista

Porque o Cristianismo não é socialista

Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

e

http://jornalsaopaulopresbiteriano.blogspot.com

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REFORMADA

Reformar a Sociedade Brasileira através da Reforma da Educação e Cultura a partir da Cosmovisão Cristã, Reformada e Calvinista.

http://educacaoeculturareformada.blogspot.com/

Escritos políticos de Dooyeweerd em revisão

Escritos políticos de Dooyeweerd em revisão
por Lucas G. Freire

A edição, inédita em português, de dois ensaios de Herman Dooyeweerd sobre teoria do Estado está em processo de preparação e revisão. Dooyeweerd, antes de filósofo, contribuiu (e muito) para o desenvolvimento da Ciência do Direito, a ponto de o famoso Hans Kelsen ter mudado de opinião no final de sua vida por conta da contribuição de Dooyeweerd.

O livro, além de indicar o contorno de uma teoria política séria e profunda fundamentada no motivo-base cristão, também contribuirá para o maior conhecimento da abordagem neocalvinista no contexto lusófono. Por conta de erros grotescos de tradução, o chamado “novo calvinismo” (new calvinism), que de calvinismo pouco ou nada tem, foi associado ao nome de Kuyper, Bavinck, Schilder, Dooyeweerd, Groen van Prinsterer e outros. Assim, o vetusto neocalvinismo, força motriz do grandioso desenvolvimento político e cultural holandês a partir da segunda metade do século XIX, tem sido injustamente criticado por conta de uma associação mnemônica superficial com o dito “novo calvinismo”.

Também contribui para a confusão geral o fato de teólogos ligados à tradição introspectiva (e, em alguns casos, hipercalvinista e hiperpactualista) holandesa terem, desde a era Kuyper, criticado a defesa neocalvinsta do cristianismo como uma cosmovisão que tudo abrange. Ocorre que tais textos foram traduzidos sem que antes se ouvisse a voz kuyperiana. Pior: traduzidos sem maiores explicações sobre o fato de serem derivados de uma agenda politico-eclesiástica específica, ligada aos debates eclesiológicos holandeses. Por conta de tradução e divulgação descontextualizada dessas críticas, o povo lusófono carece de uma clareza sobre o que significa entender o cristianismo como cosmovisão.
O melhor a fazer é ler os textos (tando de um lado como de outro) nos seus respectivos contextos. Enquanto isso, simplesmente afirmo que, se cremos que o cristianismo tem algo a dizer sobre a política, devemos ler com avidez o que outros cristãos reformados, confessionais e intelectualmente privilegiados disseram no passado, em vez de tentar reinventar a roda através, ironicamente, do plágio escolástico que prevalece nos nossos meios.

Fonte: http://neocalvinismo.wordpress.com/2011/03/26/escritos-politicos-de-dooyeweerd-em-revisao/


Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

e

http://jornalsaopaulopresbiteriano.blogspot.com

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REFORMADA

Reformar a Sociedade Brasileira através da Reforma da Educação e Cultura a partir da Cosmovisão Cristã, Reformada e Calvinista.

http://educacaoeculturareformada.blogspot.com/

sábado, 23 de julho de 2011

Não existe direito ao aborto nas leis internacionais, dizem especialistas em bioética

Não existe direito ao aborto nas leis internacionais, dizem especialistas em bioética



20 de julho de 2011 (Notícias Pró-Família) — No que se refere ao suposto “direito” ao aborto nas leis internacionais, promovido pelas organizações pró-aborto internacionais de pressão política, a retórica está muito distante da realidade, de acordo com o Centro de Bioética, Pessoa e Família, com sede em Buenos Aires.

O Centro divulgou uma declaração refutando a noção de que os acordos de “direitos humanos” permitem o assassinato dos bebês em gestação em resposta a afirmações de que tal “direito” existe, que foi recentemente declarado no Congresso Nacional da Argentina por Luz Patricia Mejía, representante da Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

As afirmações feitas por Mejía “não têm base”, declara o Centro.

“A Argentina é uma nação soberana que de modo firme reconhece o direito à vida da criança em gestação. Nenhum tratado que a Argentina ratificou concede um ‘direito’ ao aborto. Além disso, até mesmo o Tribunal Europeu de Direitos Humanos, com uma reconhecida tendência esquerdista e progressista nessa área, nega que exista o suposto ‘direito’ ao aborto”.

O Centro explica que a afirmação muitas vezes repetida em favor de um “direito” ao aborto vem não de textos de tratados ou decisões de tribunais, mas em vez disso de comitês da Organização das Nações Unidas, que não têm nenhuma autoridade de determinar o sentido das leis de direitos humanos.

“A maioria das pressões para se instituir esse ‘direito’ vem dos comitês da Organização das Nações Unidas, que têm autoridade apenas de monitorar a submissão [dos países] aos tratados”, escrevem os autores.

“Até certo ponto, ao recomendar e pressionar que os governos modifiquem suas leis, com base em tratados internacionais, esses comitês estão reformando e reinterpretando os tratados e querem impor esses novos sentidos em países tais como a Argentina”.

O Centro comenta especificamente que o Tribunal Europeu de Direitos Humanos em 2009 expressamente rejeitou o argumento de que um “direito à privacidade” exige que os governos legalizem o aborto, que foi o raciocínio usado pelo Supremo Tribunal dos EUA na decisão Roe versus Wade em 1973.

“No caso de ‘A, B e C contra a Irlanda’ (2009), o Tribunal Europeu de Direitos Humanos reconhece que as restrições legais no aborto provocado interferem com a vida privada de uma pessoa. Contudo, o Tribunal também sustenta que essa é uma interferência justificada”.

O Centro também observa que “não há nenhuma tendência internacional a favor do aborto”.

“Até o ano de 2008, 68 países do mundo tinham leis que proibiam de forma absoluta o aborto ou permitiam exceções apenas para salvar a vida da mãe. Das 196 nações do mundo, só 56 aceitam o aborto sem nenhuma restrição”.

A análise foi escrita por James Percival, sob a direção de Inés Franck, especialista do Centro, e de Nicolás Lafferriere, diretor do Centro. Ambos são advogados e especialistas nas leis internacionais de direitos humanos.

O relatório completo em espanhol pode ser obtido pedindo-se ao Centro em info@centrodebioetica.org

Artigos relacionados:













Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com



Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
 

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Abriram as Inscrições para o Congresso de Psicologia e Cristianismo no Mackenzie!

Abriram as Inscrições para o Congresso de Psicologia e Cristianismo no Mackenzie!


O Mackenzie vem oferecendo há vários anos congressos internacionais de grande porte onde são tratados temas relevantes para a comunidade acadêmica e para o público em geral. Nestes congressos procura-se abordar os assuntos do ponto de vista da confessionalidade cristã reformada do Mackenzie em diálogo com outros olhares e entendimentos.

Este Congresso sobre Psicologia e Cristianismo segue esta linha de abordagem. Os principais palestrantes, Dr. David Powlison e Dr. Eric Johnson, são doutores formados em universidades seculares na área de psicologia, e tratarão do tema do ponto de vista cristão. Outros palestrantes, igualmente preparados, lançarão um olhar secular e crítico sobre esta relação entre fé e psicologia.

É um momento inédito, em que uma Universidade de grande porte e renome encara o assunto Psicologia e Cristianismo pelo viés cristão sem perder o diálogo com outras abordagens do tema.

As inscrições já estão abertas. CLIQUE AQUI para se inscrever e para mais informações.

As palestras serão transmitidas ao vivo pela internet e ficarão disponíveis para download gratuito após o evento.

Fonte: http://tempora-mores.blogspot.com/2011/07/abriram-as-inscricoes-para-o-congresso.html
+++++

Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

Apoio:

FRENTE BÍBLICA E POLÍTICA DE UNIDADE de Cristãos, Reformados, Calvinistas, Puritanos, Evangélicos, Teonomistas e Pentecostais para Orientação e Organização Política e Estabelecimento da Moral nas Eleições de 2012 e 2014 no Estado de São Paulo.
http://educacaoeculturareformada.blogspot.com/2011/07/frente-biblica-e-politica-de-unidade.html

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Batalha Moral: Os desafios da igreja diante do movimento gay

Batalha Moral: Os desafios da igreja diante do movimento gay



Revista Apologética Cristã traz artigo de Julio Severo



Revista Apologética Cristã traz artigo de Julio Severo

A revista Apologética Cristã deste mês é uma edição especial sobre homossexualismo. Há vários artigos de diferentes especialistas. Um dos artigos é de minha autoria e trata do imperialismo homossexual.
Para fazer a assinatura, siga este link: www.revistaapologetica.com.br

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Se você for um cristão morno, será atropelado pela intolerância dos gays comandados pelo PT conforme o vídeo. Cadê a OAB, Ministério Público, STF? Esquecem, eles são relativistas e estão presos a hermenêutica imoralizante!

Se você for um cristão morno, será atropelado pela intolerância dos gays comandados pelo PT conforme o vídeo. Cadê a OAB, Ministério Público, STF? Esquecem, eles são relativistas e estão presos a hermenêutica imoralizante!




Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com

segunda-feira, 4 de julho de 2011

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Por causa da imoralidade e relativismo ético dos atuais JUÍZES do STF certamente teremos em breve também as marchas pelo haxixe, ecstasy, morfina, heroína, ópio, LSD, cocaína, merla, paco, codeína, crack, oxi...Imoralidade leva à outra imoralidade....

Por causa da imoralidade e relativismo ético dos atuais JUÍZES do STF certamente teremos em breve também as marchas pelo haxixe, ecstasy, morfina, heroína, ópio, LSD, cocaína, merla, paco, codeína, crack, oxi...Imoralidade leva à outra imoralidade...
Clique no link para acessar a matéria:
http://direitoreformacional.blogspot.com/2011/06/por-causa-da-imoralidade-e-relativismo.html

domingo, 19 de junho de 2011

Bancas de Mestrado do Curso de Direito Politico e Econômico - Titulo: Leituras do Justo e Injusto e da ordem na Epístola de Paulo aos Romanos. - Autor: Mário Cesar Carvalho Pinto

Bancas de Mestrado do Curso de Direito Politico e Econômico - Titulo: Leituras do Justo e Injusto e da ordem na Epístola de Paulo aos Romanos. - Autor: Mário Cesar Carvalho Pinto
Titulo: Leituras do Justo e Injusto e da ordem na Epístola de Paulo aos Romanos.
Autor: Mário Cesar Carvalho Pinto
Banca Examinadora:
Professor(a) Dr(a): Alysson Leandro Barbate Mascaro
Professor(a) Dr(a): Ari Marcelo Solon
Professor(a) Dr(a): Dora Alice Colombo

Data da Defesa: 20/06/2011

Hora: 09h

Local: UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE
Rua da Consolação, 930 - Ed. João Calvino - 1º Andar - Sala 13
Fonte: http://www.mackenzie.br/bancas_direito_politico_me.html

Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com / http://direitoreformacional.blogspot.com

Juiz anula união estável de casal homossexual. O magistrado contestou a decisão do Supremo, e disse que a Corte não tem competência para alterar normas da Constituição Federal.

Juiz anula união estável de casal homossexual. O magistrado contestou a decisão do Supremo, e disse que a Corte não tem competência para alterar normas da Constituição Federal.



Matéria postada no site http://fenasp.com/site/
Divulgação: http://direitoreformacional.blogspot.com e http://luis-cavalcante.blogspot.com

Condenamos a atitude do Professor e Psicólogo (marxista, socialista, esquerdista e construtivista) Hubert Van Gijseghem que defende a prática da pedofilia.

Condenamos a atitude do Professor e Psicólogo (marxista, socialista, esquerdista e construtivista) Hubert Van Gijseghem que defende a prática da pedofilia.

Clique no link abaixo para acessar a matéria:
http://pedofilianauniversidade.blogspot.com/2011/06/condenamos-atitude-do-professor-e.html


O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal e Registros Públicos de Goiânia, Jeronymo Pedro Villas Boas, mostra que há esperança para o STF se recuperar da sua imoralidade: "Mesmo com decisão do STF, casal gay tem união estável cancelada em Goiás"

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal e Registros Públicos de Goiânia, Jeronymo Pedro Villas Boas, mostra que há esperança para o STF se recuperar da sua imoralidade: "Mesmo com decisão do STF, casal gay tem união estável cancelada em Goiás"


Clique no link abaixo para acessar a matéria:

http://corrupcaojuridica.blogspot.com/2011/06/o-juiz-da-1-vara-da-fazenda-publica.html