Com a Primavera Árabe, tão querida pela Esquerda, pelos liberais e pelos progressistas — incluindo as feministas, os gueis, etc. — os chamados “crimes de honra” islâmicos, perpetrados em público, tornaram-se legais no Egipto, resultado da validação da lei islâmica (Sharia). Neste vídeo vemos o assassinato de uma mulher por esfaqueamento . ¡ Tudo legal !. A Esquerda e os liberais devem estar muito orgulhosos.