terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Crise no Ensino Fundamental e Médio põe em risco a educação que você dá para seus filhos


Crise no Ensino Fundamental e Médio põe em risco a educação que você dá para seus filhos

Abade do Mosteiro de São Bento fala sobre a crise e a decadência no ensino.
Daniel F. S. Martins
O Abade do Mosteiro de São Bento de São Paulo proferiu ilustrativa palestra na Av. Paulista, dia 29/11, sobre o tema: Crise no Ensino Fundamental e Médio põe em risco a educação que você dá para seus filhos.
Estando à cabeça de uma tradicional instituição de ensino, Dom Mathias Tolentino Braga demonstrou segurança ao expor no auditório do Club Homs o processo de decadência que o sistema educacional vem sofrendo. A primeira semente dessa decadência começou a brotar já na Renascença, com a perda da sadia autonomia das universidades, dando lugar a um controle cada vez maior por parte do Estado, sobretudo dos príncipes influenciados pelo protestantismo nascente. Esse processo chegou até nossos dias, em que o Estado suplantou a proeminência da Igreja no ensino e passou a controlar tiranicamente as instituições, impondo-lhes seu viés marxista e imoral.
O conferencista salientou, citando documentos da década de 50, que desde aquela época já se sentia uma diminuição do primado da formação moral nas escolas. Hoje a“formação de valores” está às avessas: os valores passados são princípios opostos à doutrina católica. As instituições de ensino quiseram “libertar-se” dos dogmas, dos “tabus” e da sã doutrina, dando lugar a um liberalismo exacerbado e a uma contestação sistemática de tudo o que nos legou a civilização cristã.
Segundo o conferencista, o poder público faz um trabalho silencioso para que as escolas “libertem as pessoas dos princípios ainda sustentados em muitas famílias”. Assim, as crianças que ainda aprendem em casa que casamento só existe entre um homem e uma mulher, quando chegam à escola têm de ouvir uma cantilena interminável baseada na “ideologia de gênero”.
O abade ainda denunciou que essa ideologia esquerdista tem sido veiculada de maneiratransdisciplinar, isto é, em todas as matérias há pretexto para se introduzir algum anti-princípio. O Ministério da Educação tem feito nos últimos anos uma triagem de todos os livros didáticos – aqueles que não seguem à risca sua agenda são tirados do rol de obras aceitas. Os novos livros, à pretexto de interdisciplinariedade, introduzem as idéias que o governo quer passar. Assim, nos novos livros didáticos se encontram enunciados de matemática (sic!) que contam estórias e problemas envolvendo duplas homossexuais, para acostumar os alunos a esse novo tipo de “relação parental” (novo nome para família…).
No ensino de História, são simplesmente descartados os livros que não repitam a ladainha de imprecações à Igreja como instituição opressora, e que não pintem um quadro negro da Idade Média e da civilização cristã. Os livros devem suscitar a luta de classes, a consciência social (leia-se ideologia marxista) e a mais desabrida libertinagem (os chamados manuais de educação sexual). Com efeito, se os alunos não entrarem por essas sendas, serão mal classificados ou até desclassificados pelo ENEM ou pelo ENADE…
Dom Mathias terminou sua exposição conclamando todos a não cruzarem os braços nesta situação difícil, especialmente as instituições católicas, que devem voltar a ser o que eram no passado e fazerem frente às pressões da tirania ideológica do governo.
Após as palavras de encerramento do príncipe Dom Bertrand de Orléans e Bragança, o abade entregou a todos os presentes uma medalha de São Bento, fundador de sua ordem.

Fonte: http://ipco.org.br/home/noticias/crise-no-ensino-fundamental-e-medio-poe-em-risco-a-educacao-que-voce-da-para-seus-filhos

sábado, 8 de dezembro de 2012

(Vídeo) - 21 de Janeiro de 2013 d.C - Será o primeiro ano de comemoração e Combate à Intolerância e Truculência Homossexual e das Minorias aos Valores Virtuosos.

(Vídeo) - 21 de Janeiro de 2013 d.C - Será o primeiro ano de comemoração e Combate à Intolerância e Truculência Homossexual e das Minorias aos Valores Virtuosos. Lançado pelo ICEC - Instituto de Cultura e Educação Calvinista
http://intoleranciahomossexual.blogspot.com.br/2012/12/video-21-de-janeiro-de-2013-dc-sera-o.html

Assunto que a Mídia Petista e Esquerdista não diz: EM RONDÔNIA SE FAZ REFORMA AGRÁRIA: MATANDO OS PROPRIETÁRIOS. Mídia esquerdista é aquela que recebe propaganda do governo federal, porém, não pode "falar tudo".

Pe. Vital Corbellini: “se não desistir da reintegração de posse correrá sangue”
 
 
Transcrevemos abaixo artigo do GPS do Agronegócio, que traz depoimento de fazendeira ameaçada por sacerdote eivado do espírito comunista.

Não sei nem por onde começar, pois tal é minha indignação que chega a ser doloroso apresentar em poucas linhas.

O assunto exige mais aprofundamento. Farei isso conforme a possibilidade de tempo, por enquanto manterei o breve texto para não ser negligente perante tamanho escândalo.

O comunismo não morreu! Ele está vivo e sanguinário. Não podemos nos enganar. Isso não é somente na vida política, mas também nos ambientes ditos católicos.

Há uma conspiração diabólica dentro da Igreja e na política desse país.

Na vida política, a máquina que move essa conspiração se chama Foro de São Paulo, onde o PT está intimamente ligado desde sua origem.

Em outra ocasião poderei apresentar pormenores da situação. No âmbito eclesial, são dioceses, paróquias, seminários, grupos das mais variadas formas de atividades, em especial a CNBB, fundada por Dom Helder Câmara, um bispo mais conhecido em sua época como “Monsenhor Martelo e Foice”…

Vivemos uma apostasia, negação da fé e substituição da religião de Deus pela religião do Homem. É como um câncer que corrói a Igreja de Cristo, conduzindo milhares de almas à desorientação e até à perdição.

Mas quem são esses lobos que se apresentam como cordeiros? Eles ocupam infelizmente posições por vezes de destaque no clero. E como seria diferente? O próprio papa São Pio X afirmou: “Os piores inimigos da Igreja estão dentro dela mesma”.

Leão XIII, ao se referir ao comunismo, na sua Encíclica Quod Apostolici muneris (28 de dezembro de 1878: Acta Leonis XIII, vol. I, pág. 40), assim descreveu distinta e expressamente esse erro:

“Peste mortífera, que invade a medula da sociedade humana e a conduz a um perigo extremo”.

Em 1846, Pio IX condenou solenemente o comunismo e confirmou depois essa condenação no Sílabo. São estas as palavras que emprega na Encíclica Qui pluribus:

“Para aqui (tende) essa doutrina nefanda do chamado comunismo, sumamente contrária ao próprio direito natural, a qual, uma vez admitida, levaria à subversão radical dos direitos, das coisas, das propriedades de todos e da própria sociedade humana” (Encíclica Qui pluribus, 9 de novembro de 1846: Acta Pii IX, vol. I, pág. 13. Cf. Sílabo, IV: A.A.S., vol. III, pág. 170).

Disponibilizo aos leitores o desabafo da Sra. Maria Ângela Simões Semeghini que se encontra no blog Fratres In Unum por ocasião da publicação do post Bispo manda retirar imagens de Santos de praça em Cacoal, Rondônia. “Sempre caminhando em comunhão”.


EM RONDÔNIA SE FAZ REFORMA AGRÁRIA: MATANDO OS PROPRIETÁRIOS


por Maria Ângela Simões Semeghini30 novembro, 2012
(…)
Leiam e analisem a que estou sendo submetida pelo Pe. Vital Corbellini o qual recebe total apoio de dom Bruno Pedron (Bispo da Diocese de Ji Paraná).

Moro em Ji-Paraná e possuo uma propriedade rural na cidade de Ariquemes a qual esta invadida por integrantes da LCP (Liga dos Camponeses Pobres), formado por invasores altamente violentos e ardilosos, problema já decidido judicialmente, e nos preparamos para a 8ª reintegração de posse.

Porém, no dia 27/02/2012, recebi um telefonema do Pe. Vital Corbellini, que literalmente me disse “se não desistir da reintegração de posse correrá sangue”, por precaução registrei ocorrência na Delegacia de Polícia.

No dia 17/03, ou seja, 18 dias após o telefonema do Pe. Vital, a ameaça se concretizou, em parte, pois 6 homens mascarados e armados, no período noturno, foram até outra propriedade minha e mantiveram meu empregado e família, por mais ou menos duas horas, sob a mira de arma de fogo e com a missão de me trazerem um recado “o prazo para desistência da reintegração de posse é o dia 23/03, senão morreria como havia morrido seu Stivanin” (assassinado no dia anterior (16/03) o que também estava com ordem judicial de reintegração de posse em sua fazenda).

Após isto, incontinenti procurei Dom Bruno, comuniquei os fatos e fui tratada de forma desdenhosa.

Ontem, seria a Audiência de Justificação da Ameaça por mim sofrida, esta não ocorreu porque o Pe. Vital Corbellini não compareceu (Autos 1002076-59.2012.8.22.0005).

Em recompensa aos transtornos que este padre causou e está causando em minha vida, hoje (30/11) ele será sagrado Bispo no RS, para assumir a Diocese de Marabá-PA, enquanto eu desde o dia 18 de março, estou pagando segurança para me manter viva.

Pergunto – isto é a pregada fraternidade cristã? O cristianismo atual prega o materialismo? Ou o clero de Rondônia está impregnado de comunistas? Ou comungam com o espírito reinante no INCRA deste Estado, pois estou levantando um slogan – EM RONDÔNIA SE FAZ REFORMA AGRÁRIA: MATANDO OS PROPRIETÁRIOS.
Será que o Decreto a seguir está revogado?

Se os fiéis de Cristo, que declaram abertamente a doutrina materialista e anticristã dos comunistas, e, principalmente, a defendam ou a propagam, “ipso facto” caem em excomunhão. (DECRETUM CONTRA COMMUNISMUM – Decreto do Santo Ofício de 1949 – Papa Pio XII)
Me coloco a disposição de qualquer pessoa para esclarecimentos.
 
 
Divulgação:
 
 
 
Fonte: