segunda-feira, 29 de abril de 2013

sábado, 6 de abril de 2013

Presidente do Supremo Tribunal Federal defende Dep. Marco Feliciano.

Presidente do Supremo Tribunal Federal defende Dep. Marco Feliciano.

Supremo

Barbosa sobre caso Feliciano: "Isso é a democracia"

Em palestra na UnB, presidente do STF defendeu a legitimidade tanto da eleição 

do deputado para comissão quanto dos protestos que pedem sua renúncia

Gabriel Castro, de Brasília
Presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, concede entrevista coletiva em Brasília
Presidente do STF foi homenageado em aula magna na UnB (Fellipe Sampaio/SCO/STF)
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, disse nesta sexta-feira 
que a eleição do deputado Marco Feliciano para a presidência da Comissão de Direitos 
Humanos da Câmara é legal, mas ressaltou que as manifestações contra o parlamentar também 
são legítimas. "Isso é a democracia", disse Barbosa, que proferiu a aula magna de início de 
semestre na Universidade de Brasília.
Após sua palestra, o ministro respondeu a perguntas de estudantes. Uma jovem quis saber a 
opinião de Barbosa sobre o caso Feliciano. O presidente do STF disse que a pergunta era uma 
"saia justa", mas afirmou que seu posicionamento é "muito simples".
"O deputado Marco Feliciano foi eleito pelos seus pares para assumir um determinado cargo 
dentro do Congresso Nacional, na Câmara. Os deputados assim o fizeram porque está prevista 
regimentalmente essa possibilidade", afirmou o ministro, antes de complementar: "A sociedade tem 
também o direito de se exprimir, como vem se exprimindo, contrariamente à presença dele neste 
cargo. Isso é democracia".
Feliciano tem depoimento marcado para esta tarde no STF. O deputado é acusado de estelionato 
por não ter comparecido a dois cultos no Rio Grande do Sul após ter recebido 13 300 reais para 
participar dos eventos. O depoimento será fechado ao público.
Fazendo menção à universidade, o ministro disse que sua resposta sobre o caso Feliciano "é a 
resposta de quem viveu durante anos e anos nesse ambiente de liberdade". O presidente do
 STF foi ovacionado assim que chegou ao centro comunitário da UnB, onde centenas de alunos
 o aguardavam. Ele foi aplaudido por diversas vezes durante seu discurso.
O ministro sugeriu aos alunos que "leiam tudo", especialmente a Constituição. "Nós precisamos 
criar um sentimento constitucional nesse país", afirmou. Barbosa foi homenageado pelo Diretório 
Central dos Estudantes (DCE) com uma placa que concede o título de "estudante emérito" da UnB.
Mensalão – O presidente do STF e relator do processo do mensalão disse que o acórdão do 
julgamento deve sair em breve, mas não estabeleceu um prazo. "Deve sair nos próximos dias. 
Vai sair, tem que sair", declarou Barbosa.
Apenas o ministro Celso de Mello não concluiu a revisão de seu voto do processo. É o que falta 
para a publicação do acórdão que permitirá aos réus a apresentação dos últimos recursos antes
 do cumprimento da sentença.
Fonte: Revista Veja



Universitário é espancado por travestis e homossexuais em Vitória - (Cuidado, prender estes travestis e homossexuais é "HOMOFOBIA")

Universitário é espancado por travestis e homossexuais em Vitória


VITÓRIA - Um universitário de 18 anos foi espancado por um grupo de homossexuais e travestis, na madrugada de domingo, na Praia da Esquerda, na Ilha do Boi, em Vitória. A agressão, segundo o rapaz, teria acontecido depois que um conhecido dele fez piadas ofensivas ao grupo na praia. Ele levou 10 pontos na face e está com marcas de mordidas nas costas e nos dedos das mãos.
O estudante contou que participava de um luau no local. Por volta das 4h30m de domingo, ele saiu com esse conhecido da praia, em direção ao ponto de ônibus de um shopping, na Enseada do Suá. No caminho, ele e o outro rapaz passaram por um grupo de travestis e homossexuais.
- Ele começou a fazer piadinhas com o grupo. Eles, então, vieram atrás da gente. Eu acabei pagando o pato. Ele conseguiu escapar e eu fui agredido. Não fiz nada, não sou preconceituoso. Quebraram uma garrafa de vidro nas minhas costas, me deram mordidas e me arranharam - contou o universitário.
Três moradoras da Ilha do Boi, ao ver a cena, começaram a gritar. Assustado, o grupo se dispersou. O rapaz, então, chegou a ligar para o Samu para pedir uma ambulância. Mas, como foi dito que não havia veículo disponível, as próprias moradoras o socorreram, levando-o para o Hospital São Lucas.
O universitário levou 10 pontos na face e ficou com hematomas. No domingo à tarde, após sair do hospital, ele foi até o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória registrar queixa. Nesta segunda, ele fez exame de lesão corporal no Departamento Médico Legal (DML) e prestou depoimento na Divisão de Homicídios.
A polícia vai pedir as imagens das câmeras da Praia da Esquerda, na Ilha do Boi, Vitória, para ver se a ação do grupo que agrediu o estudante foi gravada. Também serão analisadas imagens de câmeras de casas próximas. O universitário agredido está confiante na identificação dos suspeitos.
- Eu fui me divertir e aconteceu isso. Não sou preconceituoso, nunca me incomodei com a opção sexual das pessoas. Pela violência deles, a intenção era me matar - disse.


Fonte:

  http://oglobo.globo.com/pais/universitario-espancado-por-travestis-homossexuais-em-vitoria-3014279#ixzz2PgD8uhQf

NO PASSADO, VIVI SITUAÇÃO SEMELHANTE A DO PR. e DEP. MARCO FELICIANO por Rozangela A Justino - rozangelajustino@abraceh.org.br

"A ARDENTE EXPECTATIVA DA CRIAÇÃO AGUARDA A REVELAÇÃO DOS FILHOS DE DEUS! (Romanos 8:19)
Prezados irmãos, graça e paz.
Orar e agir! Pedir sabedoria e ter sabedoria de Deus, é o que mais precisamos neste momento da história do Brasil!
Na próxima semana, aqui, em Brasília, estará reunida a convenção das Assembléias de DEUS e a nossa expectativa é que circulem no Congresso Nacional mais de 26 mil congressistas.
Esperamos que, em todo o Brasil, a igreja de JESUS CRISTO, deixe de lado as diferenças doutrinárias e os frutos da carne, pois será através da nossa união que vamos ver o que Deus irá fazer através dos SEUS FILHOS! Faça coro com os assembleianos e se manifeste em prol da vida e da família, e em apoio ao Deputado Pr Marco Feliciano. Vejam a sua pregação e pedido de ajuda:
NO PASSADO, VIVI SITUAÇÃO SEMELHANTE A DO PR e DEP MARCO FELICIANO
Ativistas ameaçavam impedir minha entrada em cidade para fazer palestra, igrejas deixaram de me convidar devido às ameaças, e onde eu ia fazer palestra o auditório se enchia da presença de ativistas gays e do Conselho de Psicologia, para me intimidar. Muitas ameaças de processo e de morte recebi e ainda recebo. Precisei deixar o meu trabalho profissional, pois meus consultórios estavam sendo locais de risco para mim e para os meus pacientes. Até os pastores e líderes da igreja que era membro temiam a invasão de ativistas em seu recinto; eu não era mais um membro bem quisto para as igrejas, tinha esta sensação. Graças a Deus, hoje, sou membro de uma igreja presidida por uma mulher que se encontra na terceira idade, mas Deus tem lhe dado coragem para me acolher, mas também não a exponho, pois tenho que ser prudente e ter sabedoria. Posteriormente, uma outra igreja amada me assumiu enquanto missionária e é de onde recebo a maior parte do meu sustento. Também não acho prudente expo-la aqui. Amigos me ajudam financeiramente. Por onde passo e digo quem eu sou, cristãos conhecem a minha história e dizem que a sua igreja esteve orando por mim. Em tudo vi a mão de Deus me amparando e me sustentando através destas igrejas e irmãos queridos! Mas, mudei o corte de cabelo várias vezes e apareci na imprensa mascarada em forma de protesto, para também ridicularizar o Conselho de Psicologia que me proibia de ajudar quem queria deixar a atração sexual por pessoas do mesmo sexo, como também devido a vulnerabilidade do ponto de vista humano, pois precisei me esconder em muitos momentos, da fúria dos ativistas gays! Perdas financeiras sofri, tive receio de represálias contra os meus familiares, mas a minha fé em JESUS CRISTO tem me sustentado!
No passado, a igreja não estava atenta para a evolução da sua não tomada de posição mais efetiva quanto a minha situação, possivelmente por ignorância, por ser algo novo para ela, poucos me apoiaram em 1999, alguns recuaram e me deixaram só, mas creio que Deus está dando nova oportunidade à Sua igreja, pois Deus quer se manifestar através dos seus filhos, através do que está ocorrendo com o Pr Marco Feliciano!
Acompanhem o que está acontecendo através das notícias postadas em meu blog e no facebook: http://www.facebook.com/rozangelajustino e http://rozangelajustino.blogspot.com Inscrevam-se no blog e peçam para ser meus amigos no facebook.
ÚLTIMA REUNIÃO DA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS NA CÂMARA
Nas últimas reuniões da CDH tivemos ativistas cristãos no Congresso Nacional, mas, infelizmente, um deles, na última quarta-feira, saiu no braço com um ativista gay. Foi uma cena horrorosa, pois adolescentes choravam e algumas pessoas disseram que o rapaz brigão não era do grupo da sua igreja! Não podemos partir para o braço, penso eu, pois poderemos perder a batalha, pois a nossa luta não é contra as pessoas. Estamos em guerra! Guerra espiritual! Precisamos usar armas espirituais e agir com a sabedoria de DEUS, pois podemos ter ativistas gays infiltrados, se passando por crente e agredir fisicamente alguém para depois dizer que somos violentos! Precisamos ter muita sabedoria e prudência! Não devemos levar crianças e nem adolescentes, nem pessoas que não são maduras na fé em Cristo para estes embates!
O QUE PODEMOS FAZER?
Sugiro que façamos faixas e coloquemos em nossas casas em todo o Brasil, nas igrejas, missões, e saiamos nas ruas marchando com a Bíblia na mão, cantando hinos de vitória, expondo versículos bíblicos, frases em favor da vida humana e da família constituída segundo os princípios cristãos, e em apoio ao Dep Pr Marco Feliciano, que neste momento, independente de doutrina ele representa todos os cristãos brasileiros!
Paralelamente precisamos orar por todas as famílias brasileiras e para os nossos inimigos se converterem! Muitos nos pedirão ajuda nas igrejas e precisamos estar prontos para socorrê-los quando se arrependerem! Façamos bastante barulho nas redes sociais! Nosso povo é muito criativo com as imagens e frases que utilizam na internet!
As igrejas em Brasília, poderiam durante a semana marchar em volta do Congresso Nacional e pedir a Deus para derrubar as muralhas espirituais que usam  autoridades brasileiras para trabalharem contra a vida, a família, e contra o DEUS VIVO!
Estas são minhas sugestões, mas Deus age através da Sua multiforme sabedoria e quer usar a sua criatividade de forma que você faça parte deste grande momento da história da igreja cristã! SE VOCÊ É VERDADEIRAMENTE FILHO DE DEUS, DEUS IRÁ SE MANIFESTAR DE ALGUMA FORMA ATRAVÉS DE VOCÊ!
Leia 2a. Crônicas 7:14
E que Deus nos abençoe a todos, em nome de JESUS!Rozangela Justino
Missionária evangélica no Congresso Nacional 
PS: UM IRMÃO SUGERIU QUE COLOCÁSSEMOS UM LENÇO OU PANO BRANCO EM NOSSAS PORTAS E JANELAS SIGNIFICANDO O LEMA: "EM APOIO A VIDA HUMANA E ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS" - quem gostar da idéia também amarre um lenço branco em sua bolsa, pasta, ... VAMOS DIVULGAR ESTA IDÉIA!


quinta-feira, 4 de abril de 2013

POPULAÇÃO CARCERÁRIA


POPULAÇÃO CARCERÁRIA
O ICEC - Instituto de Cultura e Educação Calvinista desenvolve algumas ações teonômicas para levar a População Carcerária para CRISTO.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

CONCORDO COM Feliciano diz que Comissão de Direitos Humanos era 'dominada por Satanás'. Prof. Luis Cavalcante



Feliciano diz que Comissão de Direitos Humanos era 'dominada por Satanás'


O Estado de S. Paulo - Texto atualizado às 8h50
O deputado federal e pastor evangélico Marco Feliciano (PSC-SP), afirmou na noite de sexta-feira, 29, que a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados era "dominada por Satanás" antes de sua nomeação para a presidência do colegiado.
A declaração foi feita durante um culto num ginário de Passos, no interior de Minas Gerais. O evento foi organizado pela União das Igrejas Abençoando Passos (Uniap) e reuniu cerca de 2 mil pessoas.
"Pela primeira vez na história desse Brasil, um pastor cheio de espírito santo conquistou um espaço que até ontem era dominado por Santanás", afirmou Feliciano. O vídeo está disponível no Youtube.
Alvo de protestos de ativistas de direitos humanos e do movimento LGBT, Feliciano disse que "está sangrando", mas afirmou que seguirá pregando. "Sei que Jesus me levantou neste momento para abrir os olhos da igreja brasileira", discursou.
Do lado de fora do culto, um protesto convocado por estudantes reuniu cerca de 50 pessoas com faixas que pediam a renúncia do deputado. Ao se referir aos manifestantes, Feliciano disse que "a natureza deles é gritar, xingar, falar palavras de ordem. É dar beijos no meio da rua, tirar a roupa. A natureza deles é expor um homem como eu, pai de família, ao ridículo".
Após a pregação, o deputado usou a internet para dizer que sua presença em Passos foi um sucesso. Pelo Twitter, afirmou que "foi lindo ver os cristãos unidos em apoio a nossa causa".
A assessoria de Feliciano informou que o deputado fez as declarações em Passos na condição de pastor, e não na de parlamentar.
Assista abaixo ao discurso de Feliciano durante o culto.